Tudo o que você precisa saber sobre suco verde

By on 18 de janeiro de 2014

O suco verde está na moda atualmente e juntamente com ele milhares de promessas para emagrecer. O objetivo de perder peso e a adoção de um estilo de vida mais saudável são os principais motivos que levam as pessoas a aderirem o consumo do suco verde diariamente.

 

Quais os benefícios do suco verde?

De fato não existem evidencias científicas suficientes, por meio de estudos científicos, que comprovem os benefícios do suco verde sobre a saúde humana.

Entretanto, a ingestão do suco verde consiste em uma ótima estratégia nutricional na prática clínica para aumentar o consumo de nutrientes, substâncias antioxidantes e bioativas que reduzem os prejuízos causados pelos famosos radicais livres, que são uns dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento de doenças crônicas em longo prazo.

Um estudo conduzido em ratos aqui no Brasil mostrou que o grupo de animais que tomou o suco verde por 15 dias ganhou menos peso do que animais que receberam suco de laranja ou água. Além disso, alguns componentes que refletem o dano a membrana das células estavam menores em animais que consumiram os suco verde, indicando o efeito protetor antioxidante do suco verde.

A combinação perfeita para o emagrecimento depende da associação do exercício físico á uma alimentação equilibrada em nutrientes e rica em compostos antioxidantes. Sendo assim, apenas a inclusão do suco verde do cardápio não auxiliará no emagrecimento.

 

Que horas consumir o suco verde?

No período da manhã, preferencialmente em jejum é uma ótima opção. Mas não se deve substituir todos os alimentos do café da manhã apenas pelo suco verde.

Outros alimentos também devem compor o café da manhã, já que consiste em uma das principais refeições do dia. Deve-se incluir no cardápio do café da manhã alimentos integrais, de baixo-médio índice glicêmico, como farelo de aveia, granola sem açúcar e mix de fibras com frutas, pão integral e queijos magros. Na verdade, as quantidades e quais alimentos devem ser incluídos, depende da sua necessidade energética específica e o objetivo de sua dieta.

É importante ressaltar que pacientes que fazem uso de anticoagulantes devem ter cuidado com o consumo de suco verde, pois geralmente o suco verde contem quantidades importantes de vitamina K, que pode influenciar o processo de coagulação.

 

Como fazer o suco verde?

Existem várias receitas de suco verde, e que podem ser adaptadas ás preferencias do paciente. Mas uma combinação básica consiste em incluir 1-2 folhas de couve /1-2 cubinhos de couve + 2 porções de frutas+ água ou água de coco (por volta de 100 ml ou o suficiente para alcançar 250 ml do suco total).  Uma dica muito importante é que seu consumo seja feito logo após o preparo, a fim de minimizar a perda de nutrientes.

Acrescentar lascas de gengibre, cenoura, hortelã, aipo, salsinha, erva doce, pepino, rúcula, chia, linhaça acabam aumentando o valor nutricional do suco e agregando componentes antioxidantes e bioativos ao suco. Importante: não misturar muitos ingredientes, pois você pode acabar elevando demais o valor calórico do seu suco, e prejudicar o processo de redução de peso.

Os cubinhos de couve é uma ótima estratégia para aquelas pessoas que não tem muito tempo. Por isso, triturar um maço de couve no liquidificador com pouca quantidade de água, e por para congelar em forminhas de gelo é uma ótima estratégia para facilitar no dia-a-dia.

Não acrescente açúcar e nem adoçantes! Desta forma, uma boa estratégia para que seu suco apresente sabor mais doce, é optar por acrescentar uma quantidade maior de frutas, usar frutas mais adocicadas, e água de coco.

 

Sugestões de suco verde

Opção 1

– 2 folhas de couve manteiga

– Uva – 10 unidades

– Limão- 1/2 unidade

– Chia- 1 colher de sopa

– Agua

Valor calórico=  169,03 calorias

 

Opção 2

– 2 folhas de couve manteiga

– Laranja – 1 unidade

– Limão –  ½ unidade

– Chia- 1 colher de sopa

Valor Calórico: 219,00

 

Opção 3

Couve manteiga- 2 folhas

Melão – 1 fatia média

Hortelã – 1 colher de sopa

Água de coco- 150 ml

Valor calórico: 83,03 calorias

Preferencialmente não coar os sucos. Isso favorecerá maior consumo de fibras, importantes na saciedade e funcionamento intestinal.

 

Benefícios dos ingredientes:

– Água de coco: excelente opção para hidratar o corpo. Auxilia na reposição de minerais.

– Biomassa de banana verde:. tem uma quantidade importante de amido resistente, que auxilia na saúde intestinal. 1 colher de sopa de biomassa de banana verde também pode ser acrescida ao suco

– Couve e folhas verde escura: são fontes de antioxidantes. A couve manteiga, espinafre, rúcula, agrião e salsinha são os mais comuns para serem incluídos no suco verde. Incluir algumas folhinhas de hortelã deixa o suco refrescante e pode mascarar o sabor amargo de algumas folhas verde escura.

– Frutas: são importantes fontes de vitaminas e compostos antioxidantes. Inclua 2 opções de frutas em seu suco verde. É importante ir variando as frutas utilizadas, como forma de garantir maior variabilidade no consumo destas substancias ao longo da semana. Algumas frutas como melão e abacaxi possuem efeito diurético, e podem auxiliar a reduzir a retenção de líquidos.

– Gengibre: acrescentar lascas de gengibre ao suco verde, pode elevar o poder anti-inflamatório do suco. O gengirol presente em sua composição possui a função antioxidante e anti-inflamatória. Além disso, existem indícios do poder termogenico do consumo de gengibre.

– Legumes: alguns legumes também podem ser acrescidos ao suco verde. O pepino e o aipo possuem efeitos diuréticos. A abóbora e a cenoura são fontes de compostos com ação antioxidantes e vitamina A.

– Sementes de chia e linhaça: são ótimas fontes de fibras e ômega 3, considerado um importante anti-inflamatório para o organismo. Estas sementes ainda possuem efeito de saciedade. Entretanto, apesar de apresentarem benefícios, são calóricas, por isso inclua apenas 1 colher de sopa de chia ou linhaça em seu suco.

 

Referências:

Oliveira PS, Saccon TD, da Silva TM, Costa MZ, Dutra FS, de Vasconcelos A, Lencina CL, Stefanello FM, Barschak AG. Green juice as a protector against reactive species in rats. Nutr Hosp. 2013 Sep-Oct;28(5):1407-12. doi:10.3305/nh.2013.28.5.6505.

Sakamaki N, Nakazato M, Matsumoto H, Hagino K, Yasuda K, Nagayama T. [Determination of vitamin K in aojiru (green juice) products by HPLC]. Shokuhin Eiseigaku Zasshi. 2006 Apr;47(2):85-8.

 

 

Fonte: Debora Masqio kilorias.band.uol.com.br

Gostou? Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestEmail this to someoneShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrDigg thisShare on RedditShare on StumbleUpon

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite a resposta para validar: *